quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Scott Pilgrim



























Scott Pilgrim foi uma série de quadrinhos criada por Bryan Lee O Malley,lançada em 2004.Nós brasileiros,só podemos ter um vislumbre dela em 2010.Quando a Cia das Letras lançou aqui as 6 edições,em 3 volumes.Aproveitando o lançamento do filme.
O que é um pecado gigante,pois Scott Pilgrim se mostra um dos quadrinhos mais bem escritos,mais realistas e mais legais que eu já pude ler.

O quadrinho é bacana devido a mistura de elementos.A história já é boa pelo simples fato de ser muito,mas muito atraente pra adolescentes.A história é sobre amor.Mas não se preocupe,não é uma história romântica,água com açucar.É uma história sobre a atração de um cara(Scott Pilgrim),por uma garota(Ramona FLowers)Só que pra ele ficar com ela,ele tem que enfrentar os 7 ex namorados malignos dela.Sim,você não leu errado.Ele terá que enfrentar 7 ex namorados malignos pra ficar com ela.Como chefes de fases de videogame.

























As semelhanças com videogames não param por ai,sempre que um dos ex namorados de Ramona perde,ele explode e moedas caem.Scott Pilgrim por mais que tente ser realista com os relacionamentos,tem um tom surrealista grande.Personagens tem poderes,voam,soltam raios.O universo de Scott Pilgrim é muito bem construído.

E mesmo com esse tom surrealista,muita gente(eu incluso) consegue se identificar com as situações vividas pelos personagens.

































Uma das coisas que eu mais gostei foi o jeito que os personagens falam.É idêntico(eu juro) a o jeito que colegas e amigos meus falam.É impressionante como Brian O Malley conseguiu captar o espirito adolescente da geração Y.

Uma geração que pode ser definida com uma palavra:Tédio.Que vai festas,joga,brinca pra não se entediar.E que se você perguntar alguma coisa a resposta com certeza será:"Sei lá!".

































Scott Pilgrim consegue ser também absurdamente engraçado.Em todas as páginas há uma gag.As vezes um tanto escondidas(sempre há vários personagens falando além dos com o foco da história).Exemplo simples:Em um momento em que Ramona é xingada,e chamada de homem.Um cara no fundo diz:"Cara,se ela for homem eu sou super gay!".

Simplesmente genial.
Se você notar apesar das histórias serem bem diferentes,umas das outras.
A estrutura é parecida.Mas só isso.Cada história de Scott Pilgrim é tão original quanto a outra.


































Há ainda o mérito de ter coisas tão comuns hoje:Relacionamentos complicados,ex namoradas,peguetes,saber se você ama a pessoa com quem namora.Scott Pilgrim é um quadrinho muito sensível também.
Tanto que é um dos poucos quadrinhos que eu já vi meninas adorando ler.

Scott pilgrim é uma recomendação máxima minha,porém eu admito que não curti tanto certas partes do ultimo volume.Que ficaram um tanto surtadas,mas tudo isso é compensado com o fim.O fim de Scott Pilgrim é simplesmente:Incrivel.Como a vida.Ela continua.


















Scott Pilgrim é recomendado pra todas as pessoas de 30 anos pra baixo.Além de ser uma das histórias mais bacanas que eu já pude ler,é uma das histórias mais maduras que se pode encontrar no universo dos quadrinhos.E tudo isso sem super heróis e em preto e branco.Vejam só!

Scott Pilgrim pode ser encontrado aqui no Brasil em 3 volumes,cada um custando 30 reais.
Não é capa dura,mas o conteudo vale muito,acredite em mim ;)

O problema em Scott Pilgrim no fim é você ficar com vontade de mais.Mas,a vida continua,então infelizmente não podemos esperar mais não é?
Pra quem gosta de músicas,leia Scott Pilgrim.Pra quem já se apaixonou,leia Scott Pilgrim.Pra quem gosta de cinema(hehe),leia Scott Pilgrim.Pra quem é nerd,leia Scott Pilgrim.E pra quem gosta de quadrinhos,DEVORE Scott Pilgrim.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Watchmen 2:É Necessário?






























O mundo dos quadrinhos é algo muio interessante.É só surgir um projeto que fez sucesso,que logo surgem as sequências.Na maioria das vezes,somente pra lucrar mais.Muitos quadrinhos passaram por isso:O Cavaleiro das Trevas(de Frank Miller),Kick-Ass(de Mark Millar),o Reino de Amanha(Alex Ross).Na maioria das vezes,com resultados inferiores ao seus originais.
Watchmen é considerado a biblia dos quadrinhos.É a única graphic novel, que apareceu na lista da revista Time das 100 obras literarias mais importantes.Há muitos motivos pra se falar de Watchmen,porém deixarei isso pra outro post(aguarde).

O que eu quero dizer é que Watchmen foi um grande sucesso.E logo,os executivos queriam uma continuação.Alan Moore(o autor da história) disse não.E com 20 anos desde o lançamento da história,nós fãs achamos que estariamos livres.








































Porém,recentemente boatos surgiram.Dizendo que a Dc Comics estaria pensando em fazer Watchmen 2.Logo após o lançamento do(fantástico) filme de Zack Snyder.Desde 2009 pra ser mais exato.Grant Morrison,falou que o haviam convidado pra escrever mas que ele havia recusado.Assim,nós ficamos aliviados.Mas não,A Dc Confirmou e teremos sim em breve,Watchmen 2.Que será um prequel.Ou seja se passará antes de Watchmen.Mais especificamente,as aventuas dos vigilantes antes.
















































O que eu quero dizer é fazer uma série de quadrinhos de Watchmen antes dos fatos do quadrinho,é um tanto desnecessário.Por que você pergunta.Bom,se você já leu Watchmen,você pode perceber que no final de cada quadrinho aparecem textos extras,quase como os apendices do senhor dos aneis.

As vezes um trecho de um livro daquele universo,jornais,entrevistas,reportagens.Mas que mostram tudo que poderia ser contado sobre os vigilantes.Watchmen é uma obra completa.Sem necessidade de complementos.Pra falar a verdade,eu não gostaria de idéia nem mesmo se Alan Moore aprovasse.Resta ver se ficará bom.Como vocês vem,aparecem algumas imagens aqui de artes dos personagens.Algumas bacanas(como a do Comediante e do Coruja),e outra estranhas.Sim,estou falando da Espectral.Com um visual um tanto estranho pros ano 80,e estranho se formos comparar com a arte de Dave Gibbons.














































Fora o fato de ser algo feito somente por dinheiro.Se houvesse um interesse alem disso,com certeza teriamos algo fantástico.Porém não é o caso.
Por isso eu digo:Um Watchmen 2 não é necessário.E se ao menos for bom,tenha certeza:Nunca será tão bom quanto o original.Nunca terá o roteiro fantástico,as metaforas bem construidas,a trama politica,as referências,a arte de Dave Gibbons e a genialidade de Alan Moore.
Esse foi meu pequeno desabafo sobre esse projeto.
"Who Watches the Watchmen?"

Dragon Ball Z- O Mangá Universal


Olá novamente,leitor! Nesse post falaremos sobre DragonBall! Exato, a série que trouxe tantos fãs de todas as idades para o mundo do mangá! Você deve estar pensando: " Dragon Ball? Aquele desenho em que uma luta durava 20 episódios?" bem, se pensou isso está muito enganado. Falaremos aqui sobre o MANGÁ DragonBall, onde não há a distinção da fase adulta para a infantil.

Começemos falando sobre o autor. Sim, Akira Toryama- muitas vezes conhecido como o maior autor de mangá existente. Não pelo seu traço, existem outros desenhistas melhores, mas sim pela sua maneira divertida, engraçada e recheada de ação de se contar uma história.
Ok, algumas vezes ele exagera. Mas para os mangás DragonBall seria o famoso Blockbuster- porém feito com verdadeira qualidade. O melhor de Dragonball é que ele cativou não só um grupo específico como Naruto e Cavaleiros do Zodíaco, uma geração inteira tinha paixão por aquele desenho/mangá fantástico.


  
Nao demorou muito pra série virar animê, e assim se consolidar como um verdadeiro sucesso. Ao fim da série a bandai queria que o kamehameha fosse mais longo- e nos presenteou com a porcaria "Dragon Ball GT". Vai por mim- esqueça toda aquela história do GT, a saga termina no volume 50 da série Z.
Enfim, DragonBall está sendo republicado agora pela JBC e se você não comprou a série antes- compre e se divirta novamente....A série é um verdadeiro filme de ação!






domingo, 1 de janeiro de 2012

Kick-Ass:O Quadrinho Mais Realista de Todos os Tempos




















































Há um certo tempo atrás,apareceu nos Eua uma série de quadrinhos escritas por Mark Millar(escritor da Guerra Civil),chamada Kick-Ass.Era uma história da Marvel,que porém não tinha ligação alguma com o universo de personagens como Homem-Aranha,Wolverine,etc.Era uma história autoral(como Millar já havia feito em O Procurado).Assim,há total liberdade pro roteirista escrever.E ainda mais um roteirista de nome como Millar,são liberados vários restrições que seriam aplicadas a um iniciante.Portanto pode ter palavrões,violência e nudez.Assim,Millar cria uma história que na minha opinião é a mais realista história de super-herói de todos os tempos.

A história parte do principio de um adolescente comum,estudante do ensino médio que resolve virar um super herói.A trama é basicamente isso.Porém,há muitos detalhes que fazem da trama única.Esse jovem pra começar não é popular e nem um atleta.Mas ao mesmo tempo,ele não é o nerd da turma que é ridicularizado por todos,nem é o cdf que vai bem em todas as provas.Dave Lizewski é um jovem normal.Sem grandes atrativos.Que gosta de ler quadrinhos,que ve pornografia no seu computador,que tem uma queda por uma garota que o odeia.Até que lhe ocorre a idéia de viraru m super herói.Que pra ele é muito lógico.Afinal,com oele próprio diz "Por que todos querem ser a Paris Hilton,mas ninguém quer ser o Homem-Aranha".

Assim,o jovem compra uma roupa de mergulho verde,faz algumas flexões,pega em alguns pesos e sai ao combate ao crime.Na 1a vez que ele tenta algo,é esfaqueado e atropelado.Fica meses no hospital.Quando sai,ele possui agora chapas de ferro no corpo todo.Possui um pequeno reforço pra pancadas por assim dizer.Assim,numa outra chance pra provar seu valor,consegue livrar um cara de ser morto(apesar do cara ter sido espancado).O detalhe,é que um cara filmou com o celular e postou no Youtube.Fazendo o video virar um hit.


















Eu só devo contar até aqui a história de Kick-Ass.Há muitas surpresas reservadas até o fim do quadrinho.Mas o que mais me chamou a atenção no quadrinho foi o quesito realidade imposto por Mark Millar a trama.Tudo em Kick-Ass é verossimil.Tudo corresponde com a vida real.Nada é bonitinho.Não é um conto de fadas aonde tudo acaba certinho.E nem é como um quadrinho convencional.

Pra ter uma noção de quão visceral é Kick-Ass,nem em Watchmen eu achei tão cru quanto aqui.Eu não quero dar spoilers em relação ao quadrinho,mas terei que mostrar do que estou falando,portanto spoilers a partir de agoraSpoiler:O maior exemplo que posso dar é o rapaz não fica com a garota que ele ama tanto no fim.Isso é um soco no estomago de qualquer um.Podem notar,em toda quadrinho de super heroi por algum motivo o heroi sempre pega a mulher que ele ama.Peter Parker por exemplo.Um garoto feio,magrelo.Que fica com uma ruiva modelo.Nunca aconteceria.Kick-Ass mostra isso.Watchmen por exemplo também de certa forma tem isso.O Coruja,um cara de meia idade meio gordo acaba pegando a Espectral.Uma mulher mais jovem e gostosa.Nunca que isso aconteceria meus caros.fim do spoiler

Vale lembrar que Kick-Ass também é muito violento.É muito pesado.E não só pela violência,mas pela linguagem e pela dose de realidade.Que vai como um soco no estomago.Kick-Ass só vacilau m pouco no fim,mas nada muito ruim.
O quadrinho pode ser encontrado completo encadernado em qualquer livraria por 60 reais.